Alecrim, coentros e salva: Como usar nas receitas?

Já alguma vez vos aconteceu quererem usar alecrim, coentros e salva nas receitas mas não sabem como?

As ervas aromáticas são um ingrediente muito usado no mundo da gastronomia. Há várias receitas que não poderiam existir sem o tempero de ervas aromáticas como coentros ou salsa.

Hoje vou partilhar convosco algumas dicas de como usar esta três ervas aromáticas.

Características:

Alecrim – é uma erva característica da cozinha mediterrânea. É usado para temperar carne, peixe batatas e até pão. Também pode ser usado para aromatizar azeite e vinagre, já experimentaram? Além disso é uma erva especial porque faz parte do ramo do Dia da Espiga.

Coentros – tem um sabor intenso por isso ou se gosta ou se odeia. São muito utilizados em sopas e pratos de carne, peixe e marisco.

Salva – é uma erva aromática mas também é condimentada. É um erva que combina muito bem com risottos, mas também com peixe e carnes de porco, vitela aves.

Como usar?

Alecrim

Alecrim

É uma erva com um aroma, por isso devem usá-la com moderação para não se sobrepor aos outros sabores. Tanto comina bem com carne como com peixe por isso pode ser usada em assados, churrascos, batatas e enchidos. Usem sempre as folhas e flores frescas ou secas.

Dica: Experimentem colocar um ramos de alecrim num frasco com azeite ou vinagre para usar como tempero e vão ver como vão apreciar este azeite aromatizado.

Receita: Cabrito à padeiro, Perna de peru recheada

Coentros

Coentros

Esta erva aromática tem um aroma característico e é de fácil cultivo porque cresce espontaneamente na região mediterrânica. Na cozinha, as folhas frescas usam-se muito em receitas como por açordas, carnes, peixes e marisco e nunca faltam numa boa sopa de cação ou numa tradicional carne de porco à alentejana.

Receitas: Pão recheado com Mariscos, Arroz de tamboril

Salva

De aroma intenso, a salva é uma erva fácil de plantar e cuidar, porque é muito resistente a climas frios e quentes. Fica com o sabor intensificado com o crescimento da folha e matem o sabor mesmo depois da flor nascer. Especialmente usada em receitas de forno, cogumelos frescos, carnes porco e vaca. Para além disso são ótimas a ajudar a digestões mais prolongadas.

Receitas: Pescada no forno com salva e limão, Pá de porco com salva e laranja

O ideal é se poderem cultivar estas ervas e tê-las sempre frescas no quintal ou em vasos. Aconselho a lerem este artigo: Ervas aromáticas em vasos: 6 erros comuns

Espero que tenham gostado de conhecer melhor estas ervas e fiquem atentos porque em breve vou publicar Maos 3 ervas diferentes.